quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

O ACORDO!!!




Governo, patrões e UGT chegaram hoje a acordo...
Foi com alguma surpresa que se ouviu hoje nos noticiários esta notícia ansiosamente esperada por patrões e governantes!

A perplexidade tomou conta de alguns sectores e personalidades, nomeadamente o antigo dirigente sindical Torres Couto, bem como  o dirigente da CGTP, Carvalho da Silva.

Carvalho da Silva disse que hoje é um dia amargo para todos os trabalhadores portugueses, um dia de luta e de luto em que o trabalhador se encontra na pior posição face ao empregador, depois das conquistas sindicais alcançadas, com muita luta, há muitos anos atrás...

Por sua vez Torres Couto mostra-se incrédulo com a atuação do dirigente sindical da UGT, João Proença que, com este acordo, deitou por terra um acervo que foi conseguido ao longo de anos de luta pela melhoria das condições dos trabalhadores.

A partir deste momento diz Torres Couto, qualquer trabalhador poderá ser despedido com a maior das facilidades, segurança no trabalho zero... Os patrões vão despedir como quiserem, basta que o empregador ache que ele não cumpre os requisitos, não consegue, por exemplo, produzir mais ou não alcança determinados objetivos...
Diz ainda que as empresas não são courelas dos empresários! O empresário também precisa do trabalhador para alcançar o sucesso nas suas empresas, pois estas não produzem sózinhas...

Parece estar abalada a confiança dos trabalhadores nas associações sindicais. Uma sucumbe  ao assédio de patrões e Governo, sem pedir contrapartidas, aproveitando a excelente "maré" para o conseguir, tal como:

  • Legislação contra a corrupção
  • A fuga ao fisco
  • Fraudes fiscais
  • Criação de impostos para para detentores de verbas superiores a 1 milhão de euros
  • Exigir o início de um combate feroz contra a corrupção
Outra CGTP, retira-se das conversações indevidamente, uma vez que é seu dever ficar até ao fim na luta pelos ideais em que acredita firmemente e até ao final.

Sabemos que há abusos por parte de muitos trabalhadores, nas pontes, na falta de empenho no trabalho, no deixa andar, na falta de profissionalismo, no facilitismo.
Havia "coisas" a mudar? HAVIA.
Mas... e há sempre um mas... apesar do líder da UGT dizer que se não chegasse a acordo seria muito pior para os trabalhadores, estes devem esperar ouvir uma explicação muito cabal e pormenorizada, por parte deste sindicalista, para tentarem compreender o que é que motivou a posição de João Proença, quando já se sabe que o acordo foi muito para além daquilo que a tróika exigira...

Está feito O ACORDO!!! 

13 comentários:

  1. Bem feito. Este acordo já devia ter sido feito há muito tempo. Os portugueses dentro do país são uns malandros, trabalham o menos possível, estão sempre a olhar para o relógio. Quando vão lá para fora trabalham que nem mouros, dias santos, feriados e tudo o que lhes pedirem. Vamos lá a ver se agora aprendem a trabalhar e aprendem a produzir.
    A.R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 100% de acordo com este comentário!

      Eliminar
  2. concordo. O Maizena tb concorda.e diz que deviam acabar o trabalho para quem é reformado. Zé da Topada isto é contigo, o homem acha que o Paredonix não regula bem , e é falso. O dirigente sindical da UGT é socialista mas não trai os trabalhadores, não é verdade A.R? Os socialistas são muito leais aos principos democráticos porra.

    ResponderEliminar
  3. Bem feito????? Só se for para si. Concerteza você é dos tais que não faz nadinha, passa a vida a ir beber cafés e fumar um cigarro, e a encostar a barriga ao trabalho. Pois eu não, sempre trabalhei e dei tudo o que tinha, sindicalizei-me desde sempre e sempre acreditei nos sindicatos. Agora quem é que pode acreditar e pagar quotas a um sindicato traiçoeiro como é a atual UGT????
    Eu se fosse sócio desse sindicato riscava-me já. Que vergonha, que papelão. quem esfrega as mãos de contente são os patrões que agora até tiram o tutano e o governo de faz de conta que está a arrastar a passos largos, o país para um buraco negro. Vamos ser como a Grécia, não tarda nada é esperar para ver...

    ResponderEliminar
  4. Este A.R. deve ser malu.......o ou malan.....o.
    só assim se compreendem as palavras dele. Então acha bem que as pessoas agora venham para a rua só porque o patrão embirrou com o empregado, acha bem que os empregados estejam TOTALMENTE desprotegidos? Acha bem que as pessoas passem a vida a ser escravos do trabalho, à disposição dos horários e caprichos dos patrões????Tenha lá paciência mas você não deve estar a ver o filme correto...

    ResponderEliminar
  5. Foi um acto de coragem da UGT, talvez tivessem ido longe demais, mas havia medidas que tinham quer ser tomadas para haver competitividade.

    ResponderEliminar
  6. O Carvalho da Silva fala, fala, mas retirou-se das conversações, fugiu e deixou os outros entregues aos bichos.Assim é fácil falar, quando se foge!!!!!
    O acordo foi mau muito por causa dele, ele só sabe é fazer agitação, ajudar os outros está quieto é mais fácil fugir, pois claro...

    ResponderEliminar
  7. O João Proença não devia estar bom da cabeça quando aceitou aquele acordo... Devia ter vergonha de enfrentar os trabalhadores. Um perfeito traidor.

    ResponderEliminar
  8. Eu se fosse o João Proença retirava-me quanto antes do lugar que ele ocupa na UGT.É que sinceramente ele não tem condições para continuar a ocupar aquele lugar nem tem a confiança dos trabalhadores para prosseguir. Eu vou-me riscar do sindicato na segunda-feira. Não o fiz antes porque não pude.

    ResponderEliminar
  9. Mas alguém em consciência pode achar que este homem estava bom do juízo quando assinou aquele acordou?????
    Mais um português que piorou ou teve uma lavagem cerebral que pôs tudo a perder do trabalho que se foi alcançando ao longo dos anos. Sinceramente já não sei onde é que isto vai parar, se até um sindicato, com as responsabilidades da UGT, assina com despudor um acordo destes! Está tudo maluco ou quê???????

    ResponderEliminar
  10. Tens barriga grande como o capital

    ResponderEliminar
  11. ele nunca teve juizo enterrou sempre os trabalhadores

    ResponderEliminar
  12. Mas enxeu a barriga que é bem grande e ficou tão zangadinho coitadinho

    ResponderEliminar