terça-feira, 29 de junho de 2010

TUDO EM PAZ COM ROSAS!


Foi na passada 6ªfeira, dia 25 de Junho, que JOÃO PORTUGAL tomou posse como Presidente da Comissão Política Concelhia da Figueira da Foz. Este foi um acto que aconteceu numa das salas do Hotel Mercure que, ao que dizem, se encontrava repleta.

Na mesa, João Paredes, Vítor Batista, João Ataíde e Henrique Fernandes.

Pedro Coimbra fez as honras da casa e apresentou os novos eleitos para a Comissão Política.

Os oradores da noite foram João Portugal, com um discurso virado para dentro do PS com palavras de união para com as outras duas candidaturas, elogiando a elevação com que decorreram as campanhas...

Também não deixou de atacar ferozmente o PSD, por ser o obreiro da calamidade em que se encontram as finanças da autarquia.

Abraço fraterno (!?) entre João Portugal e João Paredes a selar a passagem de testemunho.


TUDO EM PAZ COM ROSAS!

domingo, 27 de junho de 2010

VALE A PENA VER!


Por vezes assistimos a autênticas "peixeiradas" em directo da Assembleia da República, local que deveria ser de confronto de ideias sérias e profícuas para o país; um local por excelência onde se faria política a sério, sem demagogias baratas, onde cada português pudesse informar-se da real situação do seu país, quando assistisse aos debates ao vivo, ou através da televisão.

Ao invés disso, somos diariamente confrontados com a "chalaça", a vaidade, os argumentos falaciosos, a falta de rigor, o confronto verbal sem sentido, enfim uma tourada que envergonha, na maioria das vezes, os seus protagonistas.

Já era tempo de também no hemicíclo haver uma reciclagem de rigor, de valores e de modificação de mentalidades.

O exemplo de democracia deveria vir exactamente do local onde ela se deveria praticar!

É assim que vos convido a assistir a esta intervenção, ao mesmo tempo que aguardo os vossos comentários.


VALE A PENA VER!


sábado, 26 de junho de 2010

AS PALAVRAS TÊM FORÇA!


É suposto que um Presidente da República quando fala, pense nas consequências que as suas palavras terão para dentro do seu próprio país e mesmo para além dele.

Numa altura em que os tentáculos internáuticos cobrem rapidamente toda a superfície desta aldeia global, o que se diz e o que se faz tem muito peso!

Ora se o Presidente de um país está, ele próprio, descrente da capacidade de governantes, gestores e trabalhadores para enfrentarem uma crise que não é sómente nossa, nem sómente europeia, mas mundial, como ficará o índice de confiança de possíveis parceiros estrangeiros que queiram investir no nosso país, ou até daqueles que já cá estão instalados???

Afigura-se-me que, com as palavras do senhor Presidente da República, as coisas ficarão muito mais difíceis para Portugal e para o índice de confiança que é necessário instaurar para tocar o nosso país para a frente...
Se em vez das palavras que proferiu o senhor Presidente da República tivesse dito, por exemplo:

  • É necessário que não sejam sempre os mesmos a pagar a crise.


  • Apelava aos grandes senhores do capital deste país para que tentassem ser mais humanos e solidários e ajudassem Portugal a sair da crise.


  • É preciso ter confiança, arregaçar as mangas e todos juntos, com confiança, lutarmos para que o nosso país vença a crise.

Utópico, talvez, mas muito mais eficaz...


AS PAVRAS TÊM FORÇA!



video

sexta-feira, 25 de junho de 2010

NOTAS SOLTAS!


MÁRIO SOARES agraciado pela Câmara Municipal da Figueira da Foz, com a mais alta distinção: A Chave de Ouro da Cidade.

João Ataíde num discurso bastante cuidado, onde pontilhavam afectos para com a figura de Mário Soares e a gratidão para com uma das obras mais extraordinárias da cidade, a Ponte Edgar Cardoso conseguida durante a governação de Mários Soares e considerada uma das obras mais importantes do século XX a par da regularização do Baixo Mondego.

Mário Soares agradeceu a distinção, ao mesmo tempo que reiterou o grande apoio que sempre granjeou no seio das peixeiras e pescadores. Aqui, sempre se sentiu muito acarinhado, segundo palavras suas, fazendo parte do percurso das suas memórias de infância descer o rio num "gasolino", que era uma das grandes recordações da sua vida.

Sobre a "polémica" de darem o seu nome a uma rua da cidade, o que veio a ser tentado durante a presidência de Santana Lopes, referiu que não aceitou, não por qualquer animosidade contra Santana Lopes, mas sim porque entende que esse tipo de homenagens devem ser guardadas para depois da morte dos homenageados. Não faz sentido, segundo palavras suas, passar em vida por uma rua com o seu nome.

Notada a ausência de elementos do Movimento 100%, bem como elementos do PSD, registando-se a presença do Engº Duarte Silva e de Miguel Almeida.


O MERCADO MUNICIPAL, fez a bonita idade de 118 anos! Custódio Cruz, presidente da Associação dos Comerciantes e os demais comerciantes do mercado, não deixaram passar esta feliz efeméride em branco e presentearam ontem a cidade, com uma sardinhada e outras iguarias culinárias de grande qualidade, onde não faltou um monumental bolo de aniversário, ranchos, conjunto de música e muita animação. Estiveram presentes várias entidades, nomeadamente o presidente da FGT Dr. Pedro Malta, o presidente da Junta de Freguesia de São Julião, Coronel Fernando Góis Moço, bem como elementos do seu executivo.

Parabéns a Custódio Cruz e restantes comerciantes pela iniciativa e pela dignidade com que defendem um dos ex-libris desta cidade. Aguarda-se a melhoria daquele espaço através das obras prometidas pela autarquia.

A noite de São João esteve animada especialmente porque Marchas de outras zonas vieram emprestar a sua colaboração, graciosamente à cidade! De notar que este ano apenas 3 marchas estiveram a concurso: a Marcha de Lavos, a Marcha do Grupo de Instrução e Sport de Buarcos e a Marcha do Quiaios Clube. As outras... ficaram-se pela não participação. Crise ou falta de bairrismo e carolice??? Já não se faz nada sem ser subsídio-dependente??? Então e as que vieram de Mira, Brasfemes e Vila Nova de Anços sem receberem nada em troca???

Quanto aos desacatos na noite de São João, resumiria em falta de civismo! Já é tempo das pessoas começarem a aprender a comportarem-se com dignidade, mas infelizmente cada vez assistimos a mais actos que não dignificam em nada o ser humano. É nas estradas, nas escolas, nos locais públicos, em todo o lado...
Que cidadãos, que cidadania???

E por aqui me fico com as minhas NOTAS SOLTAS!

sábado, 19 de junho de 2010

INTERROMPE AS FÉRIAS OU NÃO???


Cavaco Silva está de férias, até aqui nada de novo, boas férias... Agora o caso já muda de figura, se ele decidir NÃO INTERROMPER AS FÉRIAS, para vir prestar uma última homenagem à memória de JOSÉ SARAMAGO. Não estamos a falar de um qualquer personagem de maior ou menor relevo. Estamos a falar de um português que foi Prémio Nobel da Literatura!

Um homem homenageado à escala universal, um homem admirado e respeitado pela sua genealidade, um homem de grande inteligência, um PORTUGUÊS CÉLEBRE!


Afinal Cavaco Silva, INTERROMPE AS FÉRIAS OU NÃO???


GOSTEI IMENSO DESTE CONVÍVIO!!!


A COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO... pariu um rato!!!

Foram meses de audições, de reuniões, de transmissões de TV em directo do inquérito a pessoas mediáticas, foram ameaças veladas, arremessos de culpas, de desculpas, foi troca de galhardetes, foram fontes fidedignas(!?) ouvidas que não levaram a parte alguma.

Começaram cheios de garra, que iam pôr preto no branco, tirar conclusões finais que provariam o envolvimento/conhecimento do negócio por parte de José Sócrates. E o que é que temos????? Uma mão cheia de NADA, tempo perdido, dinheiro gasto (imenso), um vazio, uma tourada deprimente que todos puderam ver.


No fim, Mota Amaral presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, disse textualmente: «gostei imenso deste convívio»!!!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

MORREU JOSÉ SARAMAGO!


A cultura portuguesa perdeu hoje um dos seus grandes vultos, o prémio Nobel da Literatura, JOSÉ SARAMAGO. Passavam 45 minutos das 11:00 horas da manhã, hora nacional, e eram exactamente 12:45 da hora espanhola, quando aquele que ficará para sempre, na história da literatura portuguesa e mundial, deixou de existir, legando ao mundo obras que tinham tanto de geniais como de polémicas.

JOSÉ SARAMAGO foi um homem que despertou admiração e simultaneamente reprovação pelas suas ideias, especialmente as anti-clericais, onde a figura de DEUS era constantemente posta em causa.

Grande figura nacional e internacional, era um homem muitíssimo inteligente e de personalidade forte, que nunca virava as costas aos seus ideais políticos. Simpatizante desde sempre da ideologia comunista, homem de convicções pessoais fortes àcerca de todos os aspectos da vida humana. Um escritor genial cuja obra fala por si.

Pessoalmente saliento "Ensaio Sobre a Cegueira", como uma das obras mais inteligentes e geniais que li até ao momento.

Hoje a cultura portuguesa está de luto, morreu JOSÉ SARAMAGO!

domingo, 13 de junho de 2010

É A CRISE!


Foi há 25 anos que Portugal e a Espanha entraram para Comunidade Económica Europeia! Parece mentira, mas já passaram 25 anos!!!


Apesar de tudo, com toda a crise que a Europa está a viver, com todas as medidas de austeridade, ainda assim, tudo seria muito pior se não fizéssemos parte da grande família europeia. Há vozes muito críticas com respeito ao desempenho dos diversos senhores da Europa, as suas medidas, a sua polítia, a sua estratégia. Porém, todos são unânimes na boa opção que foi ter entrado para a CEE.

Hernâni Lopes, Mário Soares, o rei Juan Carlos de Espanha, Filipe González, Ramalho Eanes todos têm a noção que são necessárias medidas mais eficazes para levar este projecto a bom porto já que neste momento a CEE atravessa um período de grande fragilidade. Maior governação económica, maior economia social de mercado que seja sustentável com a preocupação primária de estabilizar as economias e criar riqueza, coisa que segundo Hernâni Lopes não acontece há mais de uma década!

Enfim, mau com ela (CEE), muito PIOR sem ela...

A Saga do Parque Desportivo de Buarcos continua desta vez com Lídio Lopes, a dizer numa entrevista, ao Jornal "O Figueirense" que são: "obras de Santa Engrácia"!!! Dizendo também que: "Havia uma forte disponibilidade da Câmara de Duarte Silva, para fazer a obra avançar"(!?), e que: se lembrava bem de ter acompanhado Duarte Silva e Paulo Pereira Coelho, à Federação Portuguesa de Futebol, muito antes do Euro 2004, com a finalidade de oferecer o espaço para centro de estágio de uma das equipas"!!! Então porque não avançaram???

A crise já chegou onde não devia... aos hospitais, logo aos doentes, aos medicamentos, às horas extraordinárias do pessoal médico e de enfermagem, ao corte em exames médicos e em receituário. Consciência dos profissionais na boa prática médica SIM, procurar poupar com menor qualidade para os doentes, definitivamente NÃO!

José Sócrates, lá ouviu um "coro de assobios"... Disse já estar habituado e com uma "couraça" para enfrentar estas pessoas que sistematicamente o "mimoseiam". Será que alguma vez alguém se habitua a uma recepão destas??? Começa a ser um pouco penoso...

Santo António está praticamente passado! O senhor que se segue é o São João, com a Feira da "praxe", o fogo e a Feira das Freguesias a inaugurar a 25 de Junho. O que "salta à vista" é o facto das marchas a concurso... 2 (!). É A CRISE!

quarta-feira, 9 de junho de 2010

TEMPOS DIFÍCEIS!


Estamos a atravessar momentos muito difíceis que nos fazem recear o futuro! Todos os dias nos apercebemos de que as dificuldades vieram para ficar e que o "circo" ainda só vai no adro...

O desemprego é o que todos sabemos, agora imaginemos quando essa "praga" atinge marido e mulher com filhos pequenos para criar. Como é que estes casais conseguem alimentar os seus filhos, pagar as normais despesas quotidianas, enfim levar a sua vida para diante...

O subsídio de desemprego não dura sempre, e o mercado de trabalho é o que todos sabemos.

Começa a haver muita fome no nosso país, muitos carenciados a recorrerem todos os dias a instituições que já não conseguem ter capacidade de resposta para acudir a tanta procura. Podemos imaginar os imensos dramas humanos que algumas pessoas estão a enfrentar face a toda esta situação. Os portugueses são um povo solidário que em tempos difíceis demonstram grandes capacidades humanitárias, que muito curiosamente se faz sentir mais por parte da classe média, média/baixa. Estes são geralmente aqueles que mais depressa acorrem a um pedido de ajuda!

A solidariedade manifestou-se EM GRANDE no último peditório para o BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME em 29 e 30 de Maio, tendo superado em 30,9% as 1908 toneladas obtidas na magnífica campanha de Novembro de 2008!


AJUDE! Leve o seu contributo à Cruz Vermelha, aos Centros Paroquiais, às Juntas de Freguesia, a TODAS as estruturas SOLIDÁRIAS da nossa terra.

TUDO pode ser aproveitado e fazer a DIFERENÇA para quem passa necessidades!

Roupas, cobertores, géneros alimentares, tudo, mas tudo faz falta a quem passa FOME.


Estes são TEMPOS DIFÍCEIS!

sexta-feira, 4 de junho de 2010

ENDIVIDAMENTO DAS AUTARQUIAS


Uma em cada dez câmaras municipais "estão financeiramente falidas"!

Este número foi aumentando durante o último ano, o que se explica com as "brutais" despesas decorrentes das últimas eleições, altura em que a "derrapagem" sobe exponencialmente.

Estas Câmaras encontram-se a aplicar planos de saneamento e reequilíbrio financeiro, asfixiando completamente a evolução e modernidade destas cidades.

Há um escrutínio muito apertado e todas as opções financeiras que estão a tomar, são fruto de uma luta constante onde, por um lado se pretende avançar e cumprir "promessas eleitorais" bem como acudir a situações prementes, e por outro lado, honrar compromissos "herdados" de anteriores executivos.

Para agravar toda esta situação, o cenário do corte de 100 milhões de euros nas transferências do estado e a conjunctura nacional e internacional!

Ora a nossa Câmara está, infelizmente, na categoria das mais endividadas do país... A herança foi "pesadota", a asfixia é brutal!

A Figueira da Foz tem sido uma cidade em que sucessivos "poderes" a têm empurrado para a estagnação, a inércia, a falta de emprego, falta de combate à sazonalidade, a falta de um parque industrial, a ausência de estruturas, a ruína de grande parte do parque habitacional, a incapacidade de gerar emprego e fixar os jovens, e a impotência de a fazer voltar ao brilho de outros tempos!

Mesmo assim, permanece a "esperança" nas potencialidades do "QUERER", do "SER CAPAZ DE DAR A VOLTA", da "VISÃO ESTRATÉGICA", do "AMOR À CIDADE", tão maltratada...

"Nunca se vai tão longe como quando não se sabe para onde se vai." (Cromwel)

SONHAR que as "coisas" podem mudar é possível...