sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

O DEBATE!


O debate entre Cavaco Silva e Manuel Alegre foi interessante, do ponto de vista das reacções de ambos, mas muito pouco esclarecedor. Não esperava ver Cavaco Silva tão crispado e acusador desde o primeiro segundo da entrevista. É claro que o caso BPN foi uma das grandes cartadas da noite, mas o essencial acerca desta problemática não ficou esclarecido. As acções da SNL (compra e venda!!!). Manuel Dias Loureiro e Oliveira e Costa, nada ... Silêncio ensurdecedor e o nosso dinheiro a arder em transacções fraudulentas das quais não se podem lavar as mãos como Pôncio Pilatos. Para quando a verdade dos factos??? Afinal faz-se tanta "chicana política" sobre certos assuntos e sobre outros, cala-se, abafa-se, protege-se??????
O povo exige respeito e esclarecimentos à semelhança do que tem sido feito com outros acontecimentos.

Alguém está com muita dificuldade em explicar o inexplicável...

Manuel Alegre mais calado do que o costume, mais calmo, demasiado calmo e morno. Não é assim que costuma estar no terreno. Mas não lhe ficou mal, quando comparado com crispações demasiadas de Cavaco Silva que parecia estar na faculdade a dar "lições de moral" a um qualquer aluno...

Nas questões da Defesa do estado social e na política externa divergiram. Convergiram em que numa "Situação Extraordinária" do ponto de vista social e económico pode justificar a dissolução do Parlamento.

Manuel Alegre mais Bloquista quando refere que as "políticas de austeridade não são o melhor caminho".
Mas também não admite (e eu acho bem) que se recorra ao FMI. Então como é que se equilibram as contas do Estado se não há coragem política de pedir o dinheiro a quem o tem???

De parabéns Judite de Sousa uma grande profissional que esteve à altura do acontecimento.

Muito ficou por dizer! Que pensam deste que foi considerado "O DEBATE???".

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

FELIZ ANO NOVO!!!



Confesso que é uma altura do ano de que não gosto particularmente. É sempre feito um balança do que foi o ano que passou e por vezes esse balanço não nos é muito favorável, em termos de perdas de familiares, pessoas amigas, conhecidos. Também pode ser uma altura de fragilidades pessoais, de doenças, de incompreensões, de desilusões a nível pessoal, local, com o seu País e até com os dramas do Mundo inteiro. O que virá por aí em 2011 é uma INCÓGNITA e por todo o lado já os arautos da desgraça apregoam cataclismos...

Que está tudo carregado de negatividade, noticiários, jornais, artigos de opinião em revistas, está.

Compete-nos a nós ter consciência absoluta de que as coisas não estão nada risonhas e apelativas para a nossa vida. Porém, nós temos 2 caminhos, ou entregamo-nos às lamúrias do costume, ou arregaçamos as mangas e, dentro do possível, todos e cada um fazemos a nossa parte e vamos ao trabalho tentando dar a volta por cima, de modo a não nos deixarmos contaminar por pessimismos exacerbados, mas também não, em alheamentos perigosos... Estas são matérias que não se podem prever a longo prazo. Há que saber viver um dia de cada vez! Afinal, nós num dia podemos ter todo o sol do mundo e no outro recebermos um "murro" no estômago, brutal que nos esmaga e aniquila.
Futurologia, deixamos para os "entendidos!?!?!?"

Nós somos apenas cidadãos que queremos viver a nossa vida o melhor possível, sem atropelar ninguém, sem ódios de estimação, sem maldade no coração; mas também sem perder a consciência de que os outros não podem fazer de nós otários. É que há uma certa classe de seres humanos que se julgam Senhores do Mundo e que todos lhes devem vassalagem. Falta-lhes humildade de coração e noção da sua pequenez e insignificância, perante este cosmos que nos "esmaga" com a sua grandiosidade.

Todos "NASCEMOS e MORREMOS do MESMO MODO"! Ninguém nunca se devia alhear de tal facto. Ninguém é mais que ninguém. Somos todos da mesma espécie e com o mesmo FIM.

A minha mensagem é como a do malogrado e querido actor ANTÓNIO FEIO:"Amem-se uns aos outros; Não Deixem nada por dizer"; ou então, aquela célebre frase do também estimado e saudoso RAUL SOLNADO:" Façam o favor de Ser Felizes!!!"

Um 2011 FABULOSO PARA TODOS. UM FELIZ ANO NOVO!!!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

É NATAL!


Mais um Natal se aproxima e com ele os corações cheios de boas intenções... Anda tudo mais amável, mais sorridente, com uma dose de boa vontade maior. O desejo de que todos tenham Paz, Saúde e Amor. Que a Fome seja irradicada nem que seja por uma noite!!! Dão-se cobertores, roupas quentinhas, há mais fraternidade no ar. Maior complacência para com os mais velhinhos, esses esquecidos da sociedade, desprezados, sem afectos, muitas vezes sem o respeito daqueles a quem deram o ser e mantidos em autênticos depósitos, ante-câmara da morte esperando lentamente pela chegada do fim...
Distribuem-se cabazes de Natal com bacalhau, azeite, bolo-rei, as nozes, algumas conservas, farinha, massas, arroz etc., etc. E nos outros dias do ano não se come? Não se passam necessidades? Não há frio? Não se é gentil e atencioso para com os outros? O que é preciso fazer para que o espírito do Natal perdure por todos os 365 dias do ano?

Quando é que as consciências despertam para a realidade que as cerca e que fingem não ver???

Para todos vós, companheiros/as e anónimos que me dão a honra da vossa visita a este simples BLOGUE e para toda a vossa Família, DESEJO FESTAS FELIZES E A PAZ EM VOSSOS DIAS.

Afinal É NATAL!

NOTAS SOLTAS!


APROVADO o orçamento da Câmara para 2011, com a abstenção do PSD e os votos contra do Movimento Figueira 100%...

Muitas críticas, muitas reprovações, muitas dúvidas. Mas seria possível fazer melhor do que tem sido feito dada a actual conjuntura e a situação financeira herdada???

Talvez sim, talvez não, o tempo dirá e ajuizará a maneira como as competências foram exercidas.

Para o Presidente, é um orçamento de fortíssima contenção e draconiano nas suas implicações...

Para o Movimento Figueira 100%, houve manipulação de dados no que respeita à receita de capital no capítulo venda de edifícios e terrenos na ordem dos 16 milhões de euros. Vítor Guedes pensa impossível que seja alcançada tal verba. Assim sendo, o equilíbrio financeiro estará assente em pura engenharia de números.

Por seu lado, o vereador do PSD, Miguel Almeida, disse que «A casa continua desarrumada», sugerindo a Carlos Monteiro e António Tavares que se pronunciassem sobre o empolamento das receitas...
Continuou desferindo que primeiro era proposto um orçamento de 70 milhões de euros, sem contarem com o "Plano de Saneamento Financeiro, daí pensarem em inviabilizá-lo. Foi ainda proposto pelo PSD o corte de cerca 6 milhões de euros com a calendarização das obras e que no orçamento estivessem subjacentes preocupações sociais. O anterior orçamento e este agora aprovado, segundo Miguel Almeida, não contemplavam estes pressupostos. Também duvidou que o empréstimo para o saneamento financeiro da Câmara esteja para breve. Criticou ainda o pouco investimento nas freguesias e quais os critérios que presidem à distribuição das verbas para as mesmas, acusando o Executivo de prejudicar as Juntas do PSD...

Quanto ao Presidente da Câmara, prometeu avançar com os investimentos já aprovados no âmbito do QREN, como o novo Centro Escolar S. Julião/Tavarede, qualificação do Mercado Municipal e envolvente do Forte de Santa Catarina. Continuou dizendo que é grande a preocupação e contenção com a obtenção de bens e serviços, prometendo poupança, rigor e maior verdade nas contas, etc.


AMÉRICO AMORIM fez hoje história ao doar um aparelho com tecnologia de ponta ao Centro Hospitalar de Gaia/Espinho no valor de 50 mil euros. Trata-se de uma máquina para ajudar doentes em estado grave que necessitem de suporte circulatório extra-corporal. Parabéns a Américo Amorim e que outros "Senhores do Capital", neste País, lhe sigam as pisadas. Os portugueses agradecem e Portugal precisa de MUITAS ATITUDES destas. Para estes Senhores é completamente indolor, para quem sofre é a diferença entre a Vida e a Morte!

JULIAN ASSANGE e a sua coragem(?) em pôr a nu na WIKILEAKS todas as potenciais tramóias mundiais que varrem o globo de um eixo ao outro. Ninguém escapa, América, Irão, China, Japão, Portugal e muitos outros países, Industrias Farmacêuticas, Bases Militares e os seus planos, Guantânamo e os seus prisioneiros, Fraudes, Delitos e Violações. Robin Wood dos Tempos Modernos, que procura por a nu os "podres" dos poderosos deste mundo, ou um louco que põe em perigo a estabilidade(!) Mundial??? Dá que pensar...

Por aqui me fico com as minhas NOTAS SOLTAS!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

CARLOS ENCARNAÇÃO DE SAÍDA!!!


Confesso que fui apanhado de surpresa! Estava muito longe de pensar que o actual presidente da Câmara de Coimbra, Carlos Encarnação, queria deixar a Presidência da Câmara.

Para o comunicado desta intenção reuniu-se ontem com elementos dos partidos da coligação que o elegeram, no intuito de acertar a sua saída para o mais breve espaço de tempo possível, pondo-se a hipótese, até, der ser antes do fim do ano!

Nesta reunião estiveram presentes os responsáveis das concelhias do PSD, do CDS e pelo PPM Pignatell Queiroz, o presidente da Assembleia Municipal Manuel Porto e da vereação João Paulo Barbosa de Melo.

O nome mais falado para assumir a Presidência da Câmara Municipal de Coimbra é o de João Paulo Barbosa de Melo.

Nesta altura de fim de ano é muito complicado, há um orçamento para ser aprovado e deliberações de fim de ano que são sempre de muita responsabilidade.

O que estará por detrás desta decisão que faz com que CARLOS ENCARNAÇÃO ESTEJA DE SAÍDA?????

domingo, 12 de dezembro de 2010

MEMÓRIA CURTA!


Acabo de ler no DIÁRIO DE COIMBRA, uma notícia que me deixou estupefacto vindo de quem vem e englobando"os figueirenses"!!!!!!

Na comemoração dos 36 anos do PSD o Núcleo de Mulheres Social-Democratas da Figueira juntou-se num jantar comemorativo, no Sweet Atlantic Hotel, tendo como debate o tema "Nova Intervenção do Estado na vida económica-social", contando com a prestação como oradores de Manuel Luís Rodrigues, vice-presidente da Comissão Política Nacional e Calvão da Silva, professor da Faculdade de Direito de Coimbra.

Até aqui tudo bem, tudo correcto. O que estranhei foi as palavras do Presidente da Concelhia, Lídio Lopes quando no seu discurso afirma que «a Figueira não ficou melhor com este executivo e que os figueirenses estão profundamente desiludidos, pelo não cumprimento das promessas eleitorais tais como: redução do IMI, não aumentar as taxas municipais, a não criação da aldeia do mar, do corredor verde, etc., etc., etc.»

  • Fala em nome de que figueirenses? Todos???
  • Tudo isso no primeiro ano de mandato????
  • E a conjuntura?
  • E o caos em que o PSD deixou a Câmara?
  • E as dívidas que já foram saldadas?
  • E a preocupação com o despesismo, os cortes com horas extraordinárias, a preocupação em honrar compromissos anteriormente assumidos e o fim da delapidação do dinheiro que é de todos nós???
O senhor Lídio Lopes não fala em nome de todos os figueirenses, é claro. Além disso está convencido que as pessoas têm a MEMÓRIA CURTA!

"A SAGA CONTINUA"!!!


Eu bem previ que as coisas não se resolveriam facilmente... Mais uma vez o Secretariado de Mário Ruivo foi chumbado!!! Não há 2 sem 3 lá diz o povo e com razão. A manterem-se as coisas no pé em que estão, daquele mato não vai sair coelho.

Foi tudo muito feio, pouco claro e com nuances que têm vindo a piorar com o passar dos anos.
Nós atravessamos uma época em que "vale tudo". Às vezes a criatura supera o criador...
Assim sendo, a Federação Distrital de Coimbra do Partido Socialista não conseguiu, mais uma vez, impor os nomes que desejava que compusessem o Secretariado. A votação deu 37 votos a favor, 40 votos contra e um nulo! O problema aqui é que, apesar de Mário Ruivo ter ganho as eleições por escassos 2 votos, os elemento da Comissão Política afectos a Victor Baptista estão em maioria, logo é fácil de ver a "molhada de bróculos" que está aqui para dar e durar...

Vai ser muito difícil o entendimento, por isso... "A SAGA CONTINUA"!!!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

"O CASO FEDERAÇÃO DE COIMBRA"!!!


A vida do actual Presidente da Federação Distrital de Coimbra do Partido Socialista, Mário Ruivo, não está nada fácil. Não consegue impor os elementos que deseja para para o Secretariado, tal como se verificou na última Comissão Política. A sua vitória tangencial (2 votos) é realmente uma situação que não deve dar conforto a Mário Ruivo e que lhe deixa muito pouca margem de manobra, para poder ter ao seu lado, as pessoas com quem desejaria trabalhar...

Informalmente já se terão reunido para debater esta questão, mas parece que a coisa continua muito complicada... Mário Ruivo não quer abdicar de pelo menos 12 nomes que o apoiaram e que terão sido os principais protagonistas da sua campanha eleitoral. E também estará na disposição de poucas cedências a elementos afectos a Victor Baptista, tendo mobilizado para a sua equipa de coadjutores 3 camaradas conotados com o seu opositor. Mesmo assim foi derrotado por 41 votos contra e 35 a favor.

Ontem mesmo, foi passada na SIC uma peça das declarações de Victor Baptista com a história das eleições. Falava na questão em que afirma que terão sido pagas quotas a militantes dentro do interior do PS, apontando culpados...

A novela está para durar! o Título "O CASO DA FEDERAÇÃO DE COIMBRA"!!!

APESAR DOS TORNADOS...


Por norma costumamos importar tudo que vem dos Estados Unidos, Inglaterra, França e de muitos outros países.

Quando são boas ideias menos mal, porque se pode tirar daí algum proveito... O ser humano é, por natureza, um ser que absorve dos outros aquilo que admira e que não conseguiu conceber, pelo que lhe resta a cópia muitas vezes "barata" daquilo que observou nos outros. O problema é quando se copia o que é mau, o que é perigoso, aquilo que degrada, mata e transtorna como por exemplo: a violência que não era usual neste País de brandos costumes, os assaltos de extrema crueldade, a assimilação de drogas, comportamentos desviantes, movimentos subterrâneos e associações de índole duvidosa! Acobertamos as nossas tradições mais ancestrais que são a matriz das nossas raizes, o bilhete de identidade cultural do nosso povo e importamos: Hallowines duvidosos, sambas de terras quentes em terras geladas, dias disto e dias daquilo, para exacerbar o despesismo desenfreado e nos descaracterizarmos, etc., etc.

Vem isto a propósito do TORNADO que atingiu, principalmente, 3 concelhos da zona centro, com particular violência em Tomar, Sertã e Ferreira do Zêzere. Sinceramente esta importação não é nossa, foi involuntária e é mais habitual por outras paragens do globo, nomeadamente pelos States. Dispensávamos COMPLETAMENTE o seu aparecimento! Desejaríamos, aliás, nunca assistir a esta e outras manifestações no nosso pequenino País, outrora tão protegido deste e doutros flagelos...

Este caso do TORNADO, porem, já trouxe à luz do dia uma fonte de SOLIDARIEDADE! Uma empresa já se prontificou a dar telhas para as casas destelhadas!!! São atitudes destas que nos fazem pensar que nem tudo está perdido... É por aí que as boas vontades devem crescer e frutificar. O nosso povo é por natureza um povo bom!

Se não forem estas manifestações de uns para com os outros, então mais tarde ou mais cedo as "coisas" começarão a ficar muito preocupantes. Mas vamos ter esperança no futuro e em gente desta jaez que ainda existe por aí, apesar dos TORNADOS...


sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

NOTAS SOLTAS!


A célebre "BRIGADA DO REUMÁTICO" foi hoje homenageada pelo Senhor Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, Dr. João Ataíde, que lhes atribuiu a Medalha de Altruísmo em Prata Dourada.
Constituída por cinco elementos que abnegadamente prestam pequenos serviços à comunidade, arranjando uma fechadura aqui, pondo uma lâmpada acolá, pintando uma parede, etc., etc.
Está bem atribuída esta distinção porque, na verdade, trata-se de bem fazer com boa vontade e o desejo de servir a sua terra.

Mas o auxílio à comunidade não se esgota aqui. Há, com toda a certeza, por essa Juntas de Freguesia do Concelho bons serviços prestados, muito esforço e muito trabalho que permanecerá, por ventura, no anonimato, ou quando muito, na falta de reconhecimento.
Pode ser que eu esteja enganado mas há concerteza mais gente a prestar bom serviço nas diversas Juntas de Freguesia e não só...
Depois a televisão, os jornais, o alarido parecem-me um pouco exagerados e manipulados.
Normalmente o bem faz-se sem grandes alardes, sem grandes publicidades, com o recato e a subtileza próprias de "quem faz bem sem olhar a quem".
De qualquer modo merecem aplauso e reconhecimento.

Há muita fome em Portugal, muito desemprego, muitas perturbações psicológicas em consequência da vida actual. São cada vez mais os pais desesperados sem dinheiro para sustentar os filhos. Gente que está no desemprego e cujas vidas se tornaram num calvário. É bom que os todo poderosos deste País se comecem a debruçar, seriamente, no papel que DEVEM desempenhar na sociedade. Que não se preocupem tanto com o LUCRO, que pensem nas consequências dos despedimentos fraudulentos. Afinal somos todos seres humanos, nascemos e morremos do mesmo modo. A vida não é eterna. Há que tentar fazer algo de válido pelos mais desfavorecidos e isso seria bastante mais fácil se os que podem ajudassem quem mais precisa. A palavra SOLIDARIEDADE diz-vos alguma coisa??? Porquê só pensar em dinheiro, dinheiro, dinheiro? Será que a vossa vida se resume a isso??? Temos que SABER estender a mão ao próximo.

E a saúde!!! Está a começar a dar sinais evidentes de ruptura. Cada vez há mais doentes e menos médicos e enfermeiros. Cada médico vê por dia uma quantidade de doentes inacreditável! Logo a qualidade da atenção que é prestada ao doente deixa muito a desejar. Há relatos de médicos a operar que cometem perfeitas atrocidades durante as operações. Muitos já não estão em condições de operar nem o cão lá de casa.... Tenho sabido pormenores que se passam nas salas de operações que arrepiam. Morre muita gente por incúria. Os exames são feitos tardiamente e muitas vezes já sem grandes chances para os doentes. Pretende-se poupar na saúde, mas à custa do doente.

CUIDADO! Estamos a resvalar para situações muito, mas mesmo muito calamitosas.
Tudo se sabe e o futuro se encarregará de julgar o caos que campeia nos serviços de saúde.

Os portugueses têm que se convencer que não há dinheiro, mas isso não significa que não se possam fazer sacrifícios e até apelar ao patriotismo trabalhando MAIS e MELHOR para que o País se erga e para que não haja tanta gente a sofrer.

E já agora, OS SACRIFÍCIOS SÃO PARA DIVIDIR POR TODOS, SEM EXCEPÇÕES!!!

Estas as minhas NOTAS SOLTAS!

sábado, 27 de novembro de 2010

ANTÓNIO MARINHO PINTO


ANTÓNIO MARINHO PINTO reeleito Bastonário da Ordem dos Advogados por maioria! A diferença é de cerca de 9.532 votos contra cerca de 5.000 do seu opositor. Estes números ainda são provisórios, mas pouca oscilação sofrerão.

O estilo de MARINHO PINTO pode não agradar a todos, uma vez que é frontal, acutilante, sem "papas na língua". Chama a si os assuntos mais polémicos não fugindo a confrontos, alguns dos quais bastante acesos e controversos.

A sua vitória atesta bem a popularidade que goza entre os seus pares!

Se dúvidas houvesse, elas ficaram completamente dissipadas com esta votação inequívoca!

É assim que vamos continuar a ter ao leme do reduto justiça, um homem de coragem e de forte personalidade, um homem que abana consciências e que procura a verdade e que combate a boateirice falaciosa.
Boa sorte e parabéns a ANTÓNIO MARINHO PINTO!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

O DEBATE!


A Associação Viver em Alegria promoveu, um ano depois, mais um debate entre o Presidente da Câmara João Ataíde, Teresa Machado do PSD e Daniel Santos do Movimento 100%. O moderador foi Luís Ferreira como já tinha sido no anterior debate. A discussão andou à volta das mesmíssimas premissas:

  • Endividamento da Câmara
  • Herança de obras com dossiers mal concebidos
  • Saneamento financeiro
  • Medidas de austeridade que levaram a uma poupança de 5 milhões, etc., etc., etc.
A casa estava muito longe da afluência que registou aquando da campanha eleitoral. Se estava meia era o muito.

Já há fumo branco para o empréstimo, um ano foi passado, urge então avançar e começar a "mexer" e fazer obra. Honrar o prometido conforme for sendo possível. A "cantiga" do endividamento não vai "colar" toda a vida! A Figueira merece o melhor!

Mas também "não cola", a falácia da oposição grandes e únicos responsáveis do estado actual da Figueira da Foz.
Onde está a vergonha e a consciência quando se aponta o dedo e se acusa???

Tenham, pelo menos, decoro.

Não quero com isto dizer que o actual executivo não venha a defraudar as expectativas de quem lhes deu o voto. Mas é preciso aguardar mais um pouco e ver que "coelho tiram da cartola"...

O futuro dirá se a aposta foi ganha ou, se pelo contrário, foi um tremendo bluff!

O que não podemos nem devemos é "tapar o sol com a peneira" e "sacudir a água do capote".

Quem fez da Câmara o "caos" que ela é foi o PSD. Toda a gente na Figueira SABE disso.

Portanto honestidade intelectual e apontar o dedo quando isso se justificar, o que ainda não é o caso.

Esperar para ver daqui a um ano no próximo DEBATE!

GREVE GERAL!?


Um direito, uma conquista, um sinal de liberdade, uma maneira de dizer que não se está satisfeito com quem nos governa, que se contestam as medidas que atacam os direitos adquiridos, que algo vai mal na situação social!

Mas eu pergunto:
  • Vai mudar alguma coisa?
  • É disso que o País precisa neste momento?
  • Estamos a ajudar Portugal a sair da crise?
  • Teremos nós consciência do dinheiro que se perde neste dia de greve?
  • É de agitação social que precisamos neste momento?

Eu próprio não sei que pensar, porque por um lado compreendo o direito à indignação pelo estado a que o País chegou, muito embora eu saiba que a culpa não é só do governo, mas da conjuntura actual que deixa todos os países em dificuldades. Uns mais do que outros é certo, mas ainda assim temos a noção de que a crise é mundial e não só nossa.

Não seria melhor cerrar fileiras, trabalhar com mais afinco, ter orgulho Nacional, ajudar o País a crescer e a sair da crise, apelar ao patriotismo e boa vontade, numa palavra LUTAR por melhores dias? Claro que lamento toda a situação do País, especialmente os trabalhadores que estão no desemprego, aquilo que mais me aflige. Mas para dar a volta ao texto é de greves que precisamos?

Consegue-se AJUDAR o País com uma GREVE GERAL!?


domingo, 21 de novembro de 2010

HOSPITAL DEPOIS DAS OBRAS...


O Hospital da Figueira da Foz tem andado há bastante tempo com obras nas suas instalações.
As obras que orçaram os 3,6 milhões de euros, seriam para os SERVIÇOS DE URGÊNCIA e também para as CONSULTAS EXTERNAS.

Confesso que vi, muito à ligeira, o resultado dessa intervenção. Do que vi achei a entrada principal com muito espaço, com um visual bastante agradável e com uma amplitude que me admirou. O pior foi falar com funcionários que se queixam que os gabinetes são "Cochichos", o gabinete do TAC é exíguo. Os quartos continuam a ser muito pobrezinhos e pequenos, os diversos gabinetes , idem idem...
Bem sei que não estava contemplado intervir nesses locais mas uma coisa não está a dar com a outra... Num lado muito espaço, modernidade, bom gosto, no outro...

Parece que nesta terra é useiro e vezeiro fazerem-se obras sem se ouvir atentamente aqueles que lá trabalham e conhecem, como ninguém, as várias dificuldades com que se debatem.

Está bonito, é de louvar, e o resto???

Já agora, que pensarão os que lá trabalham??? Não seria preferível uma intervenção mais pensada de acordo com as necessidades?

Não quero com isto dizer que não foi bastante bom terem melhorado substancialmente o nosso Hospital, mas o que realmente me parece é haver espaços exageradamente grandes para umas situações e demasiado pequenos para outras. HOSPITAL DEPOIS DAS OBRAS...

domingo, 14 de novembro de 2010

MÁRIO RUIVO...


Mário Ruivo, eleito Presidente da Federação do PS, viu a sua lista para o Secretariado ser chumbada por 41 votos contra e 34 a favor. Assim, a sua lista foi chumbada por apenas 6 votos.

Mário Ruivo afirma não querer, de modo algum, abdicar dos nomes que propôs para o Secretariado. Diz ir trabalhar sem órgão executivo, tendo informado que marcou nova reunião da Comissão para se ultrapassar este impasse.

Pelo vistos a "união" não está assim tão visível...

Talvez fosse de esperar, mais este episódio, com a eleição de Mário Ruivo...

sábado, 13 de novembro de 2010

COLIGAÇÃO!



Luís Amado, Ministro dos Negócios Estrangeiros revelou o inesperado! Que o País deveria ser governado por uma Coligação! Foi assim mesmo que ele se expressou, acusando a oposição de não querer assumir responsabilidades governativas neste momento difícil que o País atravessa e em que todos deveriam unir-se em torno dos interesses nacionais. Dizendo mesmo, que se fosse necessário se retiraria para dar lugar a outro que por ventura pudesse fazer um melhor trabalho.

E eu digo: que interessa termos o Orçamento para 2011 aprovado se, na prática, todos os dias há confrontos, agressões verbais, interesses individuais e partidários à frente dos reais interesses da Nação Portuguesa? Será que só agora estão a tomar consciência de que o assunto é grave e que todos são necessários para se ultrapassar esta fase que vai custar tanto aos portugueses, especialmente aos mais desfavorecidos?

Não há governo que não tenha cometido os seus erros de governação, todos sem excepção desiludiram de uma maneira ou de outra. Governar um País não é nada fácil. Não seria certamente um qualquer perfil que encaixaria numa qualquer pessoa, por muito inteligente que fosse. Não é político quem quer. É preciso ter faculdades especiais e apetência para o desempenho de um cargo político. É sabido também, que não se pode agradar a toda a gente. Nem todos gostam do amarelo... Por isso há eleições, diversos partidos e escolhas democraticamente realizadas.

Isto tudo para dizer: Já era tempo de se ter abandonado o discurso do "bota abaixo" a que temos vindo a assistir diariamente, de acabar com a palhaçada no hemiciclo.
Basta de falta de responsabilidade! Basta de sacudir a água do capote! Basta de "clichés" ouvidos vezes e vezes sem conta! BASTA!

Entendam-se todos de uma vez. Não deixem o País ir para o fundo. Onde está afinal a consciência da NACIONALIDADE?
Neste momento todos estão a falhar, do Presidente da República a todos os partidos políticos com assento parlamentar.

A hora é de nos unirmos; de trabalharmos e colaborarmos; de entreajuda e de solidariedade para com tudo e para com todos. Aos ricos, aos Banqueiros, aos Gestores de Empresas de sucesso cabe uma grande fatia de responsabilidade na manutenção dos postos de trabalho e no respeito pelos trabalhadores. Não ao aproveitamento da crise para praticar actos condenáveis. Eles PODEM e DEVEM ajudar o País a sair da crise

É HORA! Se tiver que ser... se for essa a melhor solução, então que esperam? Que haja uma COLIGAÇÃO!


quarta-feira, 10 de novembro de 2010

FUMO BRANCO!!!





No dia 12 de Outubro a proposta de Saneamento Financeiro da Câmara gerou a "acesa" discussão que todos já conhecem. Era o "ponto forte" da agenda para esse dia, mas face a toda a contestação e dúvidas suscitadas pela oposição, o presidente da câmara decidiu retirá-la, para posterior avaliação e informações do executivo a todas as dúvidas, para um melhor conhecimento das medidas que se pretendiam levar a cabo.

Na reunião de ontem da Câmara, as coisas tomaram outro rumo e o empréstimo de 31 milhões de euros para o "famigerado" Plano de Saneamento avançar foi aprovado, com a abstenção da oposição PSD e Movimento Figueira 100%, com as já esperadas críticas e a imposição de algumas alterações. João Ataíde afirma, no entanto, que nada vai ser fácil, poque após a obtenção do empréstimo, o executivo vai ter na mesma grandes limitações, mas que esta era a unica possibilidade das "coisas" começarem a entrar nos eixos e a trazer algum futuro ao concelho. Quanto às alterações, foi reconhecido o esforço do presidente de tentar enquadrar "opiniões de todas as bancadas", para que o processo avançasse.

Isabel Cardoso considerou que o orçmento é rigoroso e que não sente qualquer responsabilidade pela dívida do Município. Todos sabemos da "veracidade das suas palavras"...
E prosseguiu dizendo que conseguiu a diminuição de despesas desde que tomou posse, conseguindo um certo equilíbrio financeiro, o que também é verdade.

Enfim, esperadas a aprovação (unica viabilidade possível); a abstenção previsível face a comportamentos que vêm sido conhecidos, e a vitória da persistência e força de mudar a cidade.

Boa sorte ao Executivo para trabalhar e arrancar com projectos, para tirar a Figueira do "atoleiro", para avançar com segurança e eficácia, para não "defraudar" os que apostaram neste Presidente e neste Executivo.

Boa sorte FIGUEIRA, afinal já houve FUMO BRANCO!!!

sábado, 6 de novembro de 2010

AO TRABALHO!


As delegações do Governo e do PSD conseguiram uma plataforma de entendimento para que o Orçamento do Estado para 2011 passasse.
Tudo foi analisado ao pormenor, situação das contas públicas e os constrangimentos orçamentais relativamente à necessidade do cumprimento do PEC. A salvaguarda das preocupações decorrentes do controlo do défice; as implicações sobre a vida pública decorrentes da austeridade das medidas adoptadas; pressão dos mercados internacionais; a preocupação com a redução das despesas e o aumento de receitas, incluindo por via fiscal.

Tudo foi devidamente estudado, escalpelizado, visto e revisto ao pormenor.

O Protocolo de Entendimento entre o Governo e o PSD foi firmado a 26 de Outubro de 2010.

Não deixa de ser estranho que se tenha chegado a um acordo(!?), depois de todas as cenas a que temos assistido nos debates da Assembleia da República, de todas as declarações que saltam cá para fora e da imagem de união(!?) que passamos para os nossos parceiros europeus!!! O circo continua... Onde está a imagem de coesão nacional que se pretende vender???
Porquê dar aval e depois, passar na mesma, as cenas "patéticas" que vão encher as televisões dos outros países, onde é notório o divisionismo que realmente grassa no País.

Com a actual conjuntura seria difícil fazer muito melhor...
Os especuladores aí estão em toda a força qual abutre em volta da carniça!

A agitação social vai resolver os nossos problemas??? NÃO!

Então mãos ao trabalho, coragem, dignidade, sentido da responsabilidade.

Em tempo oportuno, nas urnas em novas eleições, com o julgamento do povo que é soberano e que não é burro, as coisas voltam ao seu ciclo normal num País que é Democrático.

Assim sendo, o melhor a fazer em pôr as mãos na massa, arregaçar as mangas e... AO TRABALHO!





segunda-feira, 1 de novembro de 2010

NOTAS SOLTAS!



O Dr. João Ataíde, presidente da edilidade figueirense, voltou a falar à comunicação social, para fazer um balanço do 1º ano do seu mandato.
Nada de novo foi divulgado, a preocupação continua a mesma e prende-se, como todos sabemos, com o endividamento da Câmara da Figueira da Foz, a segunda mais endividada do País! As dívidas atingem mais de 600 fornecedores, daí a asfixia e as dificuldades na gestão de um Município nestas condições.

Os planos de austeridade visam:
  • reduzir despesas no geral
  • redução de horas extraordinárias
  • redução de pessoal
  • revisão no apoio ao associativismo
  • redução de despesas com viaturas, segurança
Enfim, nas suas palavras "arrumar a casa"...

Pontos elencados que já obtiveram sucesso:
Em relação ao 1º semestre de 2008 - redução de custos em cerca de 27%, em relação a 2009 a redução vai aos 31,56%. Redução do endividamento para menos 2,3 milhões de euros no primeiro semestre de 2010.

Quanto aos processos herdados:
  • Parque Desportivo de Buarcos
  • Zona de Actividades Logísticas e Regeneração Urbana, (continuam em reavaliação).

CentroLogis , englobanbando 10 municípios da região centro,deverá avançar como a futura Plataforma Logística da Figueira da Foz. A prioridade do Presidente vai para centros escolares, revitalização da zona ribeirinha, Mercado Municipal e um possível pólo universitário a funcionar nas antigas instalações da Universidade Internacional.

Muitas dificuldades financeiras mas, ao que parece, muita vontade de dar a volta por cima e uma dinâmica que nos deixa a ideia de que há vontade para que a Figueira abandone a estagnação...
Que assim seja!

A Junta de Freguesia de São Julião está de parabéns. Por toda a cidade se ouve falar do magnífico espectáculo que ofereceram aos figueirenses no CAE no passado dia 30 de Outubro.
Infelizmente não pude estar presente mas os ecos que me chegam falam de uma verdadeira noite de sucesso com a chancela da Solidariedade. Parece que além de muito concorrido o espectáculo terá tido uma qualidade fora do vulgar para espectáculos desta natureza com um apurado sentido estético e artístico, onde nada foi deixado "ao acaso". Assim sendo, são motivos de orgulho e satisfação para aquela Junta de Freguesia.

E lá ganhou uma MULHER as eleições brasileiras!!! Será a 1ª Mulher à frente dos destinos do Brasil! Dilma Roussef do partido dos trabalhadores (PT), venceu e convenceu os brasileiros de que agora o poder está nas mãos de uma mulher.
Boa sorte para o Brasil e para todo o povo brasileiro.

Estas as minhas NOTAS SOLTAS!

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

NÃO HOUVE ACORDO!






A admiração não é grande, digo mesmo que era esperada a falta de acordo entre a delegação do PSD e do PS com Teixeira dos Santos e Eduardo Catroga a acabarem as conversações da pior maneira, isto é: com arremesso de culpas uns contra os outros!

Não eram negociações fáceis, já se sabia, mas era um imperativo nacional que se tivesse feito um esforço maior em nome de Portugal e dos portugueses.

Internacionalmente já HOUVE PREJUÍZOS, a taxa de empréstimo a Portugal já subiu, a credibilidade e a coesão do País também já fez estragos perante os parceiros europeus.

E agora?

Agora o PSD vai dizer que não poderia dar o seu aval a um orçamento aberrante, blá, blá blá...

Que tentaram mas que foi impossível, que o PS não quer ceder nos pontos essenciais, que é um orçamento que penaliza barbaramente o povo português e que, a ser assim, só eles é que virão numas próximas eleições salvar a Pátria...

O PS vem dizer: tudo fizémos, condescendemos até onde foi possível, há pontos fulcrais onde não se pode nem deve mexer, a sua alteração seria o agravamento do déficit do País, o descrédito perante a Europa, o nosso orçamento é o que melhor serve o País, blá, bla, blá...

E nós a sabermos que tudo isto é encenação! É claro que o orçamento vai passar com a abstenção do PSD. Não acredito noutra hipótese, porque viver de duodécimos era completamente irrealista. Isso nem sequer poderia ser tecnicamente praticado.

Mais uma vez o interesse político à frente dos interesses de Portugal!

Era de esperar... NÃO HOUVE ACORDO!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

CAVACO SILVA NA CORRIDA! QUAL DOS TRÊS?






Já se esperava a recandidatura de Cavaco Silva a Belém. Não é novidade, não apanhou ninguém de surpresa, enfim é daquelas coisas que facilmente se deduzia.


Gostei: Do anuncio de que não poria nem um único cartaz de propaganda, dado o estado em que Portugal se encontra e o dinheiro que se gasta inutilmente com esses papéis que, em alturas destas, pululam por todo o País e que todos nós pagamos...

Não gostei: Do tratamento desigual que foi dado em relação aos outros dois candidatos, não houve directos, não se fez um telejornal com a cobertura que esta candidatura teve.

Fernando Nobre, Cavaco Silva, Manuel Alegre e Francisco Lopes candidato do Partido Comunista Português (este último como antecipadamente sabemos) terá uma expressão mínima nas intenções de voto, como habitualmente... Terá tempo de antena, o que também é muito importante para o PCP.
Haverá vencedor antecipado? É capaz de haver, tudo indica que haja, mas "até ao lavar dos cestos é a vindima", lá diz o povo e com razão...

26 de Outubro às 20:15, CAVACO SILVA NA CORRIDA! QUAL DOS TRÊS?

sábado, 23 de outubro de 2010

CIDADE E CÂMARA ADIADAS!


É do conhecimento público o estado caótico em que as finanças da Câmara Municipal da Figueira da Foz se encontram! A dívida herdada ronda os 33 milhões de euros, montante que diz respeito a dívidas contraídas por anteriores executivos e que afectam, muito especialmente, empresas do concelho.

Essas empresas estão com a corda ao pescoço e em risco eminente de falência, se não virem ressarcidas as dívidas, que a Câmara há muito contraíu e que, não são honradas para com as suas empresas, arrastando-se o seu resgate "ad aeternum".

Também por este motivo as ameaças ao município são constantes, pairando no ar acções judiciais e execuções, o que é perfeitamente legítimo por parte de quem é credor e vê as suas empresas irem "por água abaixo", arrastando consigo inúmeros postos de trabalho.

Se a isto juntarmos as restrições orçamentais, a conjuntura actual, o congelamento de verbas a transferir do governo devido a ter-se ultrapassado o limite de endividamento permitido, e que, em 2009 se cifrou num excedente que rondou os 14,7 milhões de euros, facilmente se chegará à triste conclusão que na Câmara da Figueira, o executivo se encontra de "PERNAS E MÃOS COMPLETAMENTE ATADAS"...

Assim sendo, como é possível honrar compromissos anteriormente assumidos, pagar a quem se deve, projectar a cidade para um futuro que se quer de desenvolvimento económico sustentado, de atractividade para investidores, de quebrar com um marasmo e uma estagnação perfeitamente absurdos de que a nossa terra tem sido uma "mais que perfeita vítima"? Os culpados , aqueles que nada fizeram e usurparam , gastaram, defraudaram e lançaram a nossa terra nesta triste situação, TÊM VOZ!!!! e pasmem... têm voz para PARAR o desenvolvimento, boicotar as propostas mais que justificadas e exaustivamente demonstradas pelo executivo e, mesmo assim, adiam a tomada de posição para 11 de Novembro!

É assim que se continua com toda uma CIDADE e uma CÂMARA ADIADAS!

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

A CRISE!


Orçamento para aprovar, país adiado... É justo? É injusto? Não sei, só sei que é uma das decisões que se têm que tomar e, rapidamente, porque está muita coisa em jogo.

Provavelmente a atitude mais acertada, e mais sensata, seria a abstenção como advoga Manuela Ferreira Leite e outros social-democratas.


E porquê? Porque se o governo está constantemente a ser conotado com o fracasso, o erro, a inabilidade, deve assumir por inteiro as suas responsabilidades e levar a legislatura até ao fim.

Qualquer intervenção ou medidas adoptadas provenientes da oposição seriam, manifestamente, um desvirtuamento de um plano de governo, cuja responsabilidade cabe por inteiro aos socialistas. Já que ele (o governo) é tão mau, deixem-no levar por diante a sua obra, e depois... cá estaremos todos para o julgamento final...


Agora não se esqueçam o que se passa por esse mundo fora, não fechem os olhos nem os ouvidos à crise que vem assolando todo o mundo. Olhem para o que se passa na França, na Espanha, na Irlanda, em Inglaterra, etc., etc.


Que vai doer a todos, ai isso vai, ninguem tem dúvidas nessa matéria. Mas alarmismos balofos, incitamentos à agitação social, empolamento das situações, noticiários profundamente demagógicos e fanáticos na maneira como estão a lidar com a crise, melodramas constantes e uma psicose colectiva, isso NÃO OBRIGADO!


Os debates na Assembleia da República são autênticas "novelas mexicanas". Tenham dó, deixem de nos "martirizar" com os duelos pobres e aberrantes para verem quem "esgrime" os melhores "piropos", perdão, argumentos...


Cresçam TODOS e façam política a sério. Já basta A CRISE!!!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

SOLIDARIEDADE GLOBAL!!!


Num tempo tão destruidor, em que a grande maioria das pessoas a nível global só olha para "o seu umbigo" e as suas"quintinhas", em que o egoísmo, a indiferença, o esmagamento do melhor que o ser humano tem como o Amor ao Próximo e a Solidariedade, são banidos constantemente neste "tresloucado" mundo. É assim, que com emoção assistimos a um sentimento universal de alegria e fraternidade, uma comunhão na ansiedade com que olhámos para àquelas cenas dramáticas e, paradoxalmente tão felizes, do retorno à vida, depois das profundezas do abismo em que estiveram os mineiros chilenos!

Se a humanidade é CAPAZ de se unir em uníssono num sentimento tão nobre de amor ao próximo, porque deixa com tanta indiferença que se continuem a praticar as maiores arbitrariedades em nome do PODER, da RIQUEZA, da falta de RESPEITO pelos outros seres humanos? Como deixa que haja Fome, Pobreza, Desigualdades tão gritantes, quando sabemos que há tanto dinheiro que, se os seus detentores quisessem, não haveria mais um só dia com todos estes FLAGELOS que mencionei!

Ao invés disso, rouba-se, mata-se, foge-se aos seus deveres de cidadão para com o pagamento ao fisco, curiosamente por parte daqueles que mais têm. Usam-se métodos fraudulentos para escravizar outros seres humanos mais desafortunados, enriquecendo à sua custa. Pensa-se no individual ao invés do colectivo. Agride-se constantemente este nosso belo planeta deixando a tragédia e a devastação para as gerações vindouras. Não se acautela o futuro, continuando a cavar um fosso enorme entre o que se DEVERIA FAZER e o que realmente se FAZ! Não aprendemos NADA... são só fugazes momentos de comunhão universal. Hoje já é outro dia...

Os mineiros, já saíram do seu inferno na terra, nós continuamos no inferno da INDIFERENÇA GLOBAL ao invés da SOLIDARIEDADE GLOBAL!!!

terça-feira, 12 de outubro de 2010

O ORÇAMENTO!


No próximo dia 15, quinta-feira, o Governo Socialista apresentará ao País o Orçamento do Estado para 2011.

Fernando Medina, porta-voz dos socialistas, volta a lançar, em conferência de imprensa, um veemente apelo aos diversos partidos com assento parlamentar, para que façam propostas construtivas e de acordo com o momento difícil que o país atravessa.

Ao mesmo tempo, deixa críticas a Passos Coelho, líder do PSD, por este ter dito que se não fossem as eleições presidenciais, o PSD apresentaria uma moção de censura ao Governo!

Quando devia/podia tê-lo feito, não o fez, agora com a crise que atravessamos, é um factor que gera uma cada vez maior agitação social quer a nível nacional, quer a nível internacional.

A este respeito, posso dizer que assisti ontem na RTP1 a um programa de excelência, onde os principais interlocutores foram 3 ex-Presidentes da República: Ramalho Eanes, Mário Soares e Jorge Sampaio. A sabedoria, o bom senso, o sentido de Estado e de responsabilidade destes 3 senhores, devia servir de exemplo para certos "aprendizes da política", que não se sabe muito bem para onde vão e que rumo pretendem para este nosso Portugal.



Estamos/está o País "suspenso" do ORÇAMENTO!

domingo, 10 de outubro de 2010

MÁRIO RUIVO VENCEU!


Mário Ruivo é o novo Presidente da Distrital do Partido Socialista. A vitória parece ter sido bem expressiva na Figueira da Foz, tendo perdido em Buarcos e em Brenha. A diferença afirmam ter sido de 46 votos em relação ao seu opositor . Porém, Vitor Batista afirma que só existe uma diferença de 5 pontos entre ambos...

Victor Batista disse ainda que se verificaram anomalias, nomeadamente com dezenas de militantes que se terão apresentado na votação com recibos fotocopiados, sem numeração e emitidos pela direcção nacional do PS. Admitiu não conhecer a validade destes documentos e que reservará, para amanhã, uma tomada de posição tendo mesmo falado na palavra impugnação...

Quanto a Mário Ruivo festejou a vitória no Hotel D. Luis, dedicando-a a várias pessoas, mas muito especialmente a três socialistas já falecidos: Fausto Correia, António Bronze e António Amaro.

Fechou-se um ciclo, MÁRIO RUIVO VENCEU!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

AMANHÃ DECIDE-SE!







Victor Batista vs Mário Ruivo.
É já amanhã que um dos dois será escolhido para Presidente da Distrital do Partido Socialista, bem como eleitos os delegados ao Congresso da Federação. Das 18 às 22 horas vai ser um corrupio na Sede do PS na Figueira da Foz, com apoiantes de um e do outro a tentarem até à última hora apoiantes para os seus respectivos candidatos.
A coisa parece estar muito renhida e, até à presente data, ainda não há a certeza de quem vá ganhar, tal está a luta no terreno...

Os candidatos e respectivos apoiantes têm feito uma campanha muito dinâmica e aguerrida e que tem decorrido, ao que parece, com alguma civilidade o que é de louvar.

Que ganhe o melhor, AMANHÃ DECIDE-SE!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

VIVA A REPÚBLICA!


Depois do fracasso de 31 de Janeiro, vem concretizar-se o ideal republicano na revolução vitoriosa de 4 de Outubro de 1910. A sua proclamação é feita no dia seguinte, 5 de Outubro, com cerimónias em Lisboa, Porto e outras zonas do País.

O Dr. Teófilo Braga é então constituído o primeiro Presidente do então governo provisório republicano. Teófilo Braga encarrega-se de tomar algumas medidas publicando diversa legislação, como seja:



  • expulsar ordens religiosas, encerrar conventos, abolir o ensino da doutrina cristã nas escolas, estabelecer o divórcio, promulgar o registo civil obrigatório, etc.


  • a bandeira e o hino nacionais são substituídos, dando lugar à bandeira verde-rubra e nasce o novo hino nacional "A Portuguesa".

Em 1911 o primeiro Presidente da República eleito viria a ser o Dr. Manuel de Arriaga, nascendo também a nova Constituição. Este periodo fica conhecido como a 1ª República.


O movimento republicano sofre várias divisões e tendências e algumas investidas da monarquia a partir de Espanha, com combates renhidos entre monárquicos e republicanos.


Em 1919 ascende ao poder a célebre "Monarquia do Norte", sendo proclamada em Lisboa e no Porto. Porém, os republicanos voltam a controlar a situação, mas os governos civis e militares sucedem-se e a instabilidade governativa é uma dura realidade.


Em 28 de Maio de 1926 o general Gomes da Costa inicía, a partir de Braga, o movimento militar que vai acabar com a 1ª República e instaurar uma Ditadura militar que se prolonga até 1933.


Dá-se mais tarde a ascenção do antigo Ministro das Finanças, Dr. António de Oliveira Salazar, à presidência dos destinos de Portugal, começando assim a "travessia do deserto", a escuridão, o atraso, o analfabetismo, a fome, o desemprego, a repressão, a falta de liberdade de expressão, etc.


Apesar de algumas desilusões que estamos a sofrer, bendita seja, na actuatualidade, a Escolaridade Obrigatória, o acesso à Saúde, o Acesso à Informação Universal e a LIBERDADE!




  • VIVA A LIBERDADE


  • VIVA A DEMOCRACIA


  • VIVA A REPÚBLICA