quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

ONTEM HOUVE "GUERRA" NA ASSEMBLEIA MUNICIPAL!!!


Não foi nada pacífica a primeira Assembleia Municipal ordinária. Na berlinda o CAE, a Figueira Grande Turismo e o encerramento da Universidade Internacional. No período antes da ordem do dia foram gastas 3 horas, o que levou a sessão a prolongar-se noite dentro!

CAE e a FGT foram os assuntos mais "quentes" da sessão. Lídio Lopes do PSD crticou o PS por andar em "desnorte" relativamente às duas empresas municipais o que faz passar uma "imagem negativa" para o exterior. Disse que a companhia de bailado "Vórtice" primeiro seria para ficar instalada na Quinta das Olaias, depois deu-se o dito por não dito e já não seria assim... finalmente voltou-se outra vez atrás e parece que vão mesmo ficar ali instalados!!! Lá decidiram...
  • Lídio Lopes questionou: os custos e o modelo jurídico entre o director do CAE (Rafael Carriço), a Câmara e a companhia de bailado Vórtice, temendo terem sido decisões precipitadas a estar na génese de tudo o que terá levado a estes acordos.

António Jorge Pedrosa, do movimento 100%, não foi mais "brando", muito pelo contrário!

  • Apontando o dedo ao CAE afirmou:que o modelo de gestão que foi adoptado era de "suicídio" do ponto de vista financeiro, apesar de ser de enaltecer culturalmente.

As respostas mais "afiadas" vieram da parte do socialista Luís Castro que para abertura das hostilidades da bancada socialista refere logo de rajada:

  • Que: "o festim da FGT acabou!". Salientou que a FGT no ano passado gastou 3,2 milhões de euros e teve um prejuízo de 2,7 milhões, sendo uma empresa gastadora e um caos financeiro... afirmando que a FGT deu um prejuízo de 6 milhões de euros só nos últimos 2 anos!!!

  • É por isso, diz: estar mais que justificada a entrada de mais vogais para o Conselho de Administração, respectivamente António Tavares para resposta à parte cultural e Isabel Cardoso pela àrea das finanças,tendo por objectivo o alcance de determinadas metas .

  • Luís Castro afirmou ainda que: A Câmara está um "caos" para não dizer um "coma financeiro!" e (em discurso directo), "vocês PSD" é que o provocaram, tendo funcionários que ganhavam 700 euros de ordenado mais 1.400 euros como complemento!!! Com esta nova gestão vai haver redução de despesas na ordem de 34% na FGT e no CAE.

Foi também falado o assunto, referente ao encerramento da Universidade Internacional, levado à discussão por intermédio da jovem deputada do PSD Ana Oliveira que referiu:

  • É preocupante a situação do Ensino superior na cidade. Não são conhecidas quaiquer soluções nesta matéria , o que compromete o futuro do concelho. Perguntando ainda: qual será o futuro daquelas instalações e qual o prazo de retorno das mesmas para a tutela do município.

João Carronda (PS), apelou para que se verifiquem todas as vigarices que andaram por aquela instituição o que só prejudicou os alunos, nomeadamente no pagamento de propinas quando o fim das aulas já estava previsto.

O presidente da Câmara informou que é sua intenção não acabar com o ensino superior no nosso concelho. Mas foi dizendo: não a um pólo a "todo o custo", mas sim à qualidade e de acordo com a nossa realidade! Referiu andar já a fazer contactos junto do Instituto Politécnico de Coimbra e da Universidade de Aveiro para um pólo com várias valências. Voltando a falar na Aldeia do Mar e um Centro de Investigação a ser "encaixado" no âmbito do Ministério da Educação ou do QREN.

Uma sessão muito acesa que acabou altas horas...

Tudo espremido o que dará? Terá sido tudo devidamente acautelado?

A mim parece-me muito bem o corte nas despesas absolutamente incríveis, mas isso virá a ser uma realidade no terreno? E os espectáculos do CAE, continuarão a ter qualidade, ou aquela casa passará a ser mais uma entre as outras sem a qualidade que a distinguia?

É evidente que o despesismo e o grau de prejuízos acumulados são absolutamente demolidores, mas será que nesta nova gestão continuaremos a apreciar obras que só eram visíveis em grandes cidades como Lisboa e Porto? E a criar-se uma nova instituição de Ensino Superior, virão os novos cursos ao encontro do que os jovens mais procuram???

Ficam estas e muitas outras preocupações no ar...


sábado, 26 de dezembro de 2009

FELIZ ANO NOVO!


Natal acabado, ANO NOVO À PORTA!

Agora que o Natal já lá vai, todos se preparam para entrar no novo ano com o PÉ DIREITO...

Como se comer as 12 passas, saltar para cima de alguma coisa mais alta, brindar com champanhe, ao bater das doze badaladas, fosse a garantia de que o ano iría ser um SUCESSO!!! Todos nós sabemos que não é assim (era bom era...), porém poucos são os que resistem à tentação de não fazer qualquer ritual associado à passagem de ano, ao mesmo tempo que pronunciam as palavras mágicas: SAÚDE, PAZ e AMOR!

Serão poucos também os que não sentirão o peso da incógnita, a interrogação, a expectativa ao romper dos primeiros minutos do novo ano, e até uma certa angústia relativamente ao que virá por aí??? Pensamos nos nossos, nos que já partiram, os idosos que ainda estão ao nosso lado mas para o ano... sabe-se lá! A nossa vida, a nossa família, o emprego, a nossa cidade, o nosso país, tanta coisa que nos passa pela cabeça... fazemos como que um balanço do que foi, e do que poderá vir a ser...

E não muito raro, surge aquele aperto, aquela saudade dos que já não voltam e um pouco de receio em relação ao futuro, que, diga-se de passagem, não se apresenta muito risonho!!!

O desemprego não pára de aumentar, as saídas profissionais não param de diminur, os salários são cada vez mais curtos, os produtos de primeira necessidade são cada vez mais caros, a classe política cada vez nos desilude mais, os que acreditam nela são cada vez menos, o banditismo é cada vez mais, os polícias são cada vez menos, o nosso maravilhoso planeta cada vez tem menos hipóteses de resistência, os atentados ecológicos são cada vez mais, o pessoal de saúde é cada vez menos, os doentes são cada vez mais, o país está cada vez com menos dinheiro, os corruptos são cada vez mais, e por aí fora...

Vamos esperar para ver a actuação do Senhor Presidente da Câmara e do seu staff, vamos observar a governação de José Sócrates, vamos esperar que o PS local se lembre que continua com um GRAVE problema interno entre mãos, vamos seguindo com interesse as oposições, a actuação do movimento 100%, do PSD local e nacional.

As incógnitas aí estão, a nossa curiosidade também!

Interrogações à parte, resta-me desejar-vos que 2010 corresponda à medida dos VOSSOS DESEJOS!

Uma vez mais reitero o meu agradecimento a todos quantos aqui, neste despretencioso espaço, me têm acompanhado, O MEU MUITO OBRIGADO!
(Meus amigos por achar de extrema importância anexo link que devem visitar, aqui, trata-se de um artigo sobre dadores de medula óssea, assunto de extrema importância para todos nós. Nunca sabemos se vamos precisar...)
OBRIGADO.

FELIZ ANO NOVO!

video

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

ENTÃO É NATAL E QUE FIZÉMOS NÓS?


É NATAL e que fizémos nós para ajudarmos na construção de um mundo melhor?

Poluímos os mares e os rios, contaminámos esse bem que é a água, destruímos florestas, lançámos fogo na natureza, criámos desemprego, matámos doentes por negligência, não estendemos a mão a quem precisou, não emprestámos o nosso tempo para ajudar outros seres humanos, não entendemos o sofrimento que se passou à nossa volta, fechámos os olhos aos apelos, maltratámos e abandonámos animais, não disfrutámos como deviamos os nossos entes queridos que já partiram, não abraçámos mais vezes os nossos filhos quando eram pequenos, não tivémos paciência com eles, com os nossos pais já velhinhos, fomos egoístas vezes demais, pusémo-nos num patamar superior face a outros seres humanos, não amámos o suficiente, não perdoámos o suficiente e, sobretudo, não nos perdoámos!

Possa a nossa consciência e a nossa inteligência ser posta ao serviço da nossa EVOLUÇÃO!

Possa este NATAL trazer-nos o auto-conhecimento do que possuímos de melhor em nós colocando-o ao serviço dos que nos rodeiam!

Possa a VIDA bafejar-nos com a sorte de ainda termos um longo caminho a percorrer que nos faça MELHORES SERES HUMANOS!

Possa este NATAL ser FELIZ e o arauto de MUITA PAZ para todos vós!

Imensamente AGRADECIDO a todos pela companhia que me têm feito, venho desejar UM BOM NATAL PARA TODOS VÓS!

video

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

PORQUE NÃO UM NATAL SOLIDÁRIO?



Tenho pensado muito nos que mais sofrem, nos que pouco ou nada têm no dia-a-dia, naqueles que passam fome e frio, que vivem em casas miseráveis, que não têm uma boa cama para se deitar, bons cobertores para se aquecer, e que andam desagasalhados, com frio no corpo e na alma, sem comidinha quente que lhes dê a força necessária para enfrentar a vida! Tenho pensado muito nos velhinhos, tristes e sós, mal nutridos e muitas vezes abandonados à sua sorte, sempre à espera de um carinho, de uma amabilidade, de alguém que se lembre deles, os visite e os ouça contar as suas histórias repetitivas mas contadas sempre como se fosse a primeira vez que as contam...

Tenho pensado muito nos doentes, é muito triste estar doente, é doloroso e redutor, acabrunhante e opressor. Os doentes precisam de cuidados médicos e de humanidade, compreensão e carinho, esperança e dedicação total e absoluta! E uma criança doente? Como é penoso ver um pequeno ser indefeso a lutar contra a doença!

Neste Natal vamos mudar um pouco que seja a nossa maneira de ver a desgraça ao nosso redor!

Se todos fizermos um pouco, um grão de areia que seja, conseguiremos fazer um monte!

Sei que temos uma belíssima instituição na nossa terra que é digna de toda a nossa admiração, a CRUZ VERMELHA que está a fazer um trabalho de Paz, de Amor e de dádiva na nossa terra, veste, calça e alimenta carenciados todos os dias.

Sei que o Sporting se prepara para dar um Jantar a todos os carenciados que ali acorram na noite do dia 19. Ouvi dizer que na Junta de Freguesia de São Julião estão a receber donativos para carenciados, artigos de primeira necessidade, arroz, massa, farinha, açucar enlatados,etc., e agasalhos. Porque não ajudar quem mais precisa, não custa nada e sabe tão bem! Que todos e cada um de nós sinta que é preciso ajudar o seu semelhante, aquele que teve menos sorte nos caminhos da vida...

Porque não um NATAL SOLIDÁRIO?

HAJA FESTA!!!


O divertimento está assegurado na última noite do ano e nos 2 dias seguintes na Figueira da Foz. A Figueira Grande Turismo apresentou ontem à comunicação social o nome de dois grandes artistas que vão animar as gentes da Figueira (e não só!), são eles ANDRÉ SARDET e JOSÉ CID, dois nomes que com toda a certeza darão brilho à noite de passagem de ano.

Este ano o palco ficará instalado junto ao Forte de Santa Catarina, o que deixa liberta a Avenida 25 de Abril, o que me parece muito bem pensado.

O Rali Fim-de-Ano de automóveis clássicos começa no dia 31 pelas 14h30. À noite animação a partir das 22h30 com a colaboração de um DJ, que interrompe para o fogo de artifício previsto para as 00h00, seguido às 0h15 da actuação de ANDRÉ SARDET, dando lugar novamente a música escolhida pelo DJ animador da noite.

No dia 1 de Janeiro às 14h30, haverá prova de perícia dos automóveis clássicos, sendo pela noite dentro a vez de actuarem várias bandas que prometem muita animação especialmente por parte dos mais jovens com destaque para o nosso companheiro bloguista Paulo Dâmaso e a sua magnífica banda CÃES DANADOS!

No dia 2, outro grande momento musical desta vez com a brilhante presença de JOSÉ CID que dispensa apresentações!

Portanto em matéria de festas estamos conversados, ela vai ser RIJA, assim o tempo ajude...

Agora as outras coisitas... HAJA FESTA!!!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

FIGUEIRA GRANDE TURISMO QUE FUTURO?


A FIGUEIRA GRANDE TURISMO, está no centro das atenções dos figueirenses. Grande sorvedouro do erário público, encontra-se em fase de análise por parte do Presidente da Câmara João Ataíde. Mas então porque se pretende aumentar o número de elementos da administração que poderão passar de 3 para 5, de acordo com a proposta do Presidente da Câmara???

Pergunto sem intenções de julgamento, mas tão só da tentativa de compreensão...

Na reunião de câmara, esta e outras questões, foram levantadas especialmentos pelo vereador da oposição do movimento 100% Vitor Guedes, em representação de Daniel Santos.

Vitor Guedes questionou o presidente sobre o porquê da proposta do aumento de elementos de administração se está equacionada a hipótese de liquidação da empresa? Se é para aferir a relação custo/benefício alguém especialmente dotado para o fazer, deve ser incumbido dessa tarefa.

Vitor Guedes afirmou também, a dado momento, que: "o presidente não liquida a FGT por estar amarrado ao negócio do Paço de Maiorca". Alvitrou ainda, que: " esta indefinição é perniciosa para a empresa, que fica com os horizontes limitados".

As coisas não são tão simples como seria desejável. Tomar a decisão de acabar com a FGT é um assunto de extrema complexidade, como todos podemos calcular. Tem que ser muito bem ponderado o custo/benefício bem como implicações de ordem laboral para toda aquela gente que trabalha na empresa.

De qualquer modo, é uma decisão que o Sr. Presidente João Ataíde deve tomar com toda a coragem e discernimento porque a Figueira, mais do que nunca, necessita de dar um salto qualitativo que a projecte para o futuro sem amarras de nenhuma espécie e tendo sempre presente a viabilidade económica e a rentabilidade de todas as suas estruturas, sejam elas quáis forem!

É por isso que deve decidir com muita força e coragem sobre: FIGUEIRA GRANDE TURISMO QUE FUTURO?

domingo, 13 de dezembro de 2009

TGV... TUDO BEM! E A SAÚDE? E O RESTO?


O primeiro troço do TGV arranca na segunda metade de 2010. O custo ronda os 1359 milhões de euros, um valor cerca de 900 milhões abaixo da estimativa inicial. O estado pagará cerca de metade da factura até 2015 e os restantes 67% até 2020!

Não sou contra a modernização do país, bem pelo contrário ela será essencial para se dar o salto qualitativo que o país merece e necessita para acompanhar os outros países da europa, nossos vizinhos. O que pergunto é se eventalmente não poderia ser adiado por mais dois ou três anos até que o país se consolidasse mais e se atacassem prioritariamente os graves problemas que afligem a nossa sociedade, nomeadamente:


  • A SAÚDE

  • O DESEMPREGO

  • O TRABALHO PRECÁRIO

  • O ENSINO

  • A FOME (porque já há muita fome e pobreza neste nosso Portugal!)

Hoje mesmo, ao ler o D.C. deparei-me com uma notícia (entre muitas outras), que me deixou perplexo! "Enfermeiros do INEM suportam custos de oxímetros para ambulâncias"!!!

Diz a notícia que o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), não oferece oxímetros de pulso às ambulâncias de Suporte Imediato de Vida (SIV), desde FEVEREIRO(!!!), na região centro! São os próprios enfermeiros que para garantirem socorro às vítimas pagam os oxímetros do seu próprio bolso!!! De notar que se trata de medidores de oxigénio no sangue , medida de diagnóstico importantíssima para se aferir da situação do doente!!! O dirigente sindical José Carlos Martins denuncia a situação apelidando-a mesmo de "Gravíssima, incompreensível e inqualificável", e eu acrescento VERGONHOSA!!!

Os doentes são o dobro, as camas são as mesmas e o pessoal médico e de enfermagem diminuíu substancialmente... Estão oitenta novos enfermeiros à espera de luz verde para avançarem, mas a tutela mantem-se em silêncio, com o pessoal de enfermagem a ameaçar tomar medidas drásticas já a partir de Janeiro. De notar que estes oitenta enfermeiros são só para o INEM, e os hospitais e centros de saúde que estão a rebentar pelas costuras?

É tudo isto que me aflige e preocupa. Avança-se para o TGV, mas com listas de espera para operar doentes oncológicos, já não falando das outras operações, sem camas em número suficiente, sem mais pessoal médico e de enfermagem, daí como tenho dito várias vezes ocorrerem MORTES ABSOLUTAMENTE DESNECESSÁRIAS.

Poderá acontecer com qualquer um de nós, em qualquer hospital deste país!

Muitas das nossas crianças andam mal alimentadas e mal cuidadas, aprendem em escolas degradadas, muitos dos seus pais estão no desemprego, vivem em lares onde há violência e carências de toda a ordem, mas nós vamos ter o TGV... TUDO BEM! E A SAÚDE? E O RESTO?

sábado, 12 de dezembro de 2009

100% DE SILÊNCIO?


O Movimento 100% liderado por Daniel Santos, deixou de se fazer ouvir, não mais se falou neste movimento, há um silêncio ensurdecedor à volta deste grupo que conseguiu uma óptima implantação entre as gentes da Figueira e das suas freguesias.

Já todos sabemos que não chegaram a acordo na Câmara, bem como na Freguesia de São Julião.

A ideia que passou para a opinião pública foi a de que teriam pedido para além do que poderiam e deveriam.

De qualquer modo muito se esperaria deste movimento tão sólido e com promessas de grande empenhamento nas causas figueirenses.

Não quero com isto dizer que não possam estar com grande motivação e projectos entre mãos, mas não chega até nós nenhum feedback. Deixaram-me curioso!

O que é feito de tanta energia e ideias? Porquê 100% DE SILÊNCIO?

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

O ZÉ POVINHO QUE SE CUIDE!


O que se anda a passar com a classe política em geral está a atingir um patamar de insultos, crispação, falta de nível, défice democrático, corrupção e vulgaridade jamais vistos em todos estes anos de democracia pós 25 de Abril.

Nem vale a pena falar de todos os escândalos que nos têm deixado a todos absolutamente perplexos, o caso BPN, BPP, FREEPORT, FACE OCULTA, etc.

O que é que move esta gente, que bem instalados na vida pessoal e profissional são envolvidos em escândalos económicos, de corrupção e tráfico de influências, manchando a sua vida, o seu bom nome e o do próprio país, internamente e além fronteiras. Não cabe aqui condenar ninguém até porque ainda gozam do estatuto de presunção de inocência até prova em contrário...

Porém o facto de haver suspeitas já é grave!

Não obstante todas estas situações nebulosas ainda vimos todos os dias a degradação da vida política na Assembleia da República. São insultos, são gritos, são preocupações partidárias acima dos superiores interesses do país, a situação económica, o desemprego, a crise mundial, a situação de grande parte dos portugueses que se debatem com o desemprego e a falta de dinheiro para fazer face às despesas mais básicas. Isso não interessa nada! A vaidade, a arrogância, a prepotência está a tomar o lugar da solidariedade, da conjugação de esforços e da democracia responsável e solidária.

Não obstante tudo isto, faltava-nos agora os insultos entre a deputada social-democrata Maria José Nogueira Pinto e o deputado socialista Ricardo Gonçalves que deram um triste espectáculo na primeira audição da Comissão Parlamentar de Saúde. A primeira chamou de palhaço Ricardo Gonçalves e este respondeu-lhe que se vende fácil aos partidos e que já os correu quase todos.

É neste clima que se desenvolve a democracia portuguesa...

Um partido que tendo ganho as eleições quer governar segundo os seus padrões, e uma oposição que pretende exercer o poder boicotando sistematicamente a governação.

É certo que Sócrates não ganhou com maioria, logo deve ouvir os seus opositores e fazer um exercício de humildade para tentar consensos.
Por sua vez a oposição não deve dificultar a governação porque sabe que nada de bom para Portugal poderá advir daí. O país corre sérios riscos de se tornar ingovernável. A situação em que se encontra a oposição não é famosa, e o desgaste do actual governo não lhe permitirá em caso de novas eleições, atingir uma maioria absoluta que lhe daria a estabilidade que procura. Logo ficaremos como estamos, só que pior. Porque o país como está, não pode dispender mais quantias absurdas de dinheiro com campanhas eleitorais à americana...

E o Senhor Presidente da República que ás vezes fala tanto, permanece agora calado! Não era mau tentar apaziguar as hostes...

É a política à portuguesa... O ZÉ POVINHO QUE SE CUIDE!

domingo, 6 de dezembro de 2009

SOBRE O PARQUE DESPORTIVO DE BUARCOS...



Aqui está uma promessa adiada "sine die" e que pelo andar da carruagem continua a não ver "luz verde" por parte do actual Presidente da Câmara da Figueira da Foz!

A conversa que rodeia o assunto prende-se, segundo afirmam os responsáveis camarários, com:

  • características dos terrenos

  • reserva agrícola

  • reserva ecológica

  • estudo de impacto ambiental

  • e... falta de financiamento

Ainda problemas com expropriações, etc., etc., etc.

Ora esta "explicação" sobre este caso que envolve o Parque Desportivo não "entra" muito bem nos ouvidos dos figueirenses, muito especialmente dos buarcosenses a quem foi prometida a respectiva obra, há já muito, mas mesmo muito tempo!

Daniel Santos do Movimento 100% questionou o presidente João Ataíde sobre esta problemática, mostrando-se mesmo surpreendido com as supostas/ eventuais incompatibilidades dos terrenos para o complexo desportivo.

A contratualização entre a Câmara e a Somague obriga ao pagamento de UM MILHÃO DE EUROS de "indemnização", se a obra não se efectuar! Assim sendo, TODOS PERDEM!

Há que reflectir muito bem em tudo isto. Há que saber honrar os compromissos e não defraudar expectativas. Toda aquela zona necessita de intervenção urgente!

Atenção também à represa de águas que está num terreno de Buarcos, e que ameaça sériamente toda aquela zona envolvente. Nem quero pensar no que poderá acontecer se um dia aquela água toda vier por ali abaixo!!! Aquilo que ali está, REQUER INTERVENÇÃO URGENTE. Ou só se tomarão medidas quando houver uma desgraça???

Aguardamos com expectativa novos desenvolvimentos SOBRE O PARQUE DESPORTIVO DE BUARCOS...

sábado, 5 de dezembro de 2009

ÁGUA AINDA MAIS CARA!


Por esta não estávamos à espera... até porque a água na Figueira da Foz é a terceira mais cara do país! Há cerca de 5 anos a Câmara e a Águas da Figueira, voltaram a negociar o contrato de concessão de água e do saneamneto básico, para fazer face a despesas com a remodelação das novas infra-estruturas. Na altura foram criados vários escalões, relativamente ao consumo, o que agravou e muito a factura a pagar pelos consumidores. Também se adiantaram à lei que estava para ser aprovada, e que abolia os contadores da água, colocando no seu lugar a célebre Taxa de Disponibilidade que foi fortemente contestada na altura e da qual se questionou a legalidade.

Um estudo da Proteste chega à conclusão que nós pagamos a terceira água MAIS CARA DO PAÍS!!! Nesse estudo ainda se apurou que cada figueirense paga em média cerca de 64 euros por 120 metros cúbicos de água referentes à componente fixa!

E agora ainda vamos ter de pagar a factura acrescida de mais cerca de 11%!!!

É realmente uma boa ajuda, ÁGUA AINDA MAIS CARA...

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

FIGUEIRA DOMUS


CARLOS MONTEIRO, actual vereador da Acção Social da Câmara Municipal foi eleito, na reunião de Câmara da passada quarta-feira, Presidente do Conselho de Administração da Figueira Domus. FILIPA VAZ SERRA renova funções de Administradora Executiva, também da Figueira Domus, de notar o facto de ter sido bastante elogiada pela anterior vereação, mediante o trabalho que desenvolveu em especial na àrea da habitação social.


São dois jovens dinâmicos e trabalhadores. Vamos esperar que em conjunto consigam que a Figueira Domus tenha o sucesso que motivou a sua criação!


quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

A CÂMARA!




Ninguém desconhecia a situação financeira da Câmara Municipal da Figueira da Foz. O buraco orçamental era enorme, porém depois deste executivo tomar posse aquilo que era Grande parece ser muito MAIOR ainda... do que o previsto!

Assim sendo, os cortes internos já se fazem sentir e continurão em crescendo, segundo vozes dos responsáveis pela matéria (financeira) em questão.

Para o CAE já se arranjou uma solução que parece vir diminuir significativamente os custos mensais de uma casa daquela envergadura. Para isso foi contratado como sabemos o bailarino/coreógrafo RAFAEL CARRIÇO e o seu corpo de dança, que ficará praticamente a custo zero, uma vez que são apoiados pelo Ministério da Cultura e assim continuarão a ser. Para além disso, a sua Companhia de Dança (Vórtice) ficará como companhia residente no CAE. Nos planos deste novo Director está a criação de uma Academia de Dança, o que concerteza atrairá ganhos para o CAE, além de ser uma mais valia para aquele espaço e para a cidade.

É preocupação deste novo elenco tornar aquele espaço mais vivido, com mais iniciativas, não descurando as grandes realizações.

Para a FIGUEIRA GRANDE TURISMO (FGT), foi escolhido como Administrador Executivo um jovem quadro superior da Câmara Municipal PEDRO MALTA, que segundo palavras do presidente da Câmara João Ataíde, preenche os requisitos para o lugar, não escondendo que a FGT tem uma dívida que ascende aos 5 milhões de euros. Para já, pretende-se dotar a FGT com os recursos financeiros que lhe permitam desenvolver a sua actividade auto-sustentada. Frisou também a preocupação em desligar a FGT do CAE, direccionando a empresa municipal para aquilo que a define, animação, promoção, actividades lúdicas.
Foi ainda eleito Presidente do Conselho de Administração FERNANDO MATOS (ex-director do Casino da Figueira), e como vogal Joana Aguiar de Carvalho.

O PARQUE DESPORTIVO DE BUARCOS está em fase de estudo. Para já não há possibilidades de avançar com o projecto. O motivo mais prosaico é tão simplesmente a falta de dinheiro, em primeiro lugar. Porém, foi encomendada à Universidade de Aveiro a "avaliação preliminar do espaço", para isso hoje mesmo será feita essa visita acompanhada de funcionários da autarquia que "in loco" poderão avaliar a situação.
Esta problemática engloba, também a desafectação de terrenos à REN (Reserva Ecológica Nacional), a remoção de terras e linhas de água, questões que podem inviabilizar todo o projecto.
Há igualmente que ter em conta uma Avaliação de Impacto Ambiental e a tal... questão financeira.

A ver vamos o que dizem os técnicos, porque toda aquela zona necessita de intervenção e aproveitamento. E convenhamos que figueirenses e buarcosences já há muito sonhavam com o Parque Desportivo que iria embelezar toda aquela zona e zonas adjacentes.

A FIGUEIRA NÃO PODE PARAR! Têm que ser criadas condições para afastar a estagnação uma vez que já toda a gente sabia que a situação financeira era muito, muito grave!

As decisões competem ao presidente eleito com a colaboração dos seus mais directos assessores. Os nossos olhos estão virados para... A CÂMARA!

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

TRATADO DE LISBOA



PAZ
DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO
COESÃO
DEMOCRACIA
ALTERACÕES CLIMÁTICAS
JUSTIÇA
EFICIÊNCIA
MAIOR PROTAGONISMO MUNDIAL, etc.

Hoje, 1 de Dezembro de 2009, foi um dia histórico para Portugal. Entrou finalmente em vigor o TRATADO DE LISBOA!
Com este tratado renasce a esperança de uma maior coesão entre os estados membros.

Uma Europa mais solidária onde os cidadãos tenham voz, uma definição mais clara do que se faz a nível europeu e nacional.

Uma Europa mais eficiente com regras de votação e métodos de trabalho simplificado para um funcinamento mais racional e mais adaptado a uma Europa com 27 Estados-Membros.
Uma Europa de direitos e valores, liberdade, solidariedade e segurança na defesa dos valores da União. Introdução da Carta dos Direitos Fundamentais, com a garantia de uma melhor protecção para os cidadãos europeus. Luta contra o crime e o terrorismo nas novas disposições, em termos de protecção civil.

A Europa assume um maior protagonismo na cena mundial, através da política externa da União Europeia com a adopção de novas políticas na cena internacional.
Uma maior preocupação com as alterações climáticas com a adopção de medidas urgentes.
Estas em síntese algumas das novas disposições no palco da União Europeia
Era muito BOM que tudo isto se tornasse uma realidade com o TRATADO DE LISBOA.

OBRAS NO MERCADO!


Muitas eram as vozes que diziam que ia haver problemas graves, confrontos, guerra aberta entre o vereador eleito CARLOS MONTEIRO e os vendedores do Mercado Municipal Engenheiro Silva! Afinal não houve nada disso, bem pelo contrário! Tratou-se de uma reunião pacífica que até correu bem e parece ter agradado a todos...

O executivo de João Ataíde, herdou de António Duarte Silva a Regeneração Urbana. A previsão de investimento é de 3,5 milhões de euros para a revitalização do Mercado Municipal, comparticipado por fundos comunitários.

Por este motivo reuniram-se ontem com CARLOS MONTEIRO, acompanhado do técnico Mota Rodrigues e da funcionária Josefina, todos os vendedores do mercado, para discutirem as propostas que estão em cima da mesa e ouvir os anseios dos vendedores e pedir-lhes colaboração para se poder trabalhar, tendo em conta os seus anseios relativamente às melhores opções que possam satisfazer todos os interessados.

Custódio Cruz informou que há muito está formada uma Comissão Promotora por parte do Mercado, e de que fazem parte o próprio Custódio Cruz, Piedade Fontes, Pedro Miguel Neves, Cecília Carvalho e Maria Celeste Freitas, grupo dinâmico e activo pronto a colaborar e dar sujestões durante todo o processo.

A colaboração não invalida a inquietação, aliás compreensível com o espaço alternativo durante as obras, se vão manter os mesmos locais depois das obras; o tempo que estas vão demorar; entre outras preocupações expostas.

CARLOS MONTEIRO informou que os prazos a respeitar requerem "urgência" pelo que se vai proceder de imediato á abertura de concurso para o projecto agradecendo a colaboração de todos.

Esperamos que corra tudo bem com as OBRAS NO MERCADO!